sábado, 17 de julho de 2010

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Existe mais para alem das aves

Phill Collins
O trabalho deste senhor representa o que melhor se faz no mundo da musica, um verdadeiro artesão, não é apenas uma cara ao serviço de uma editora, editoras essas que actualmente se preocupam apenas em produzir musica barata para vender caro em termos de qualidade preço.
video

sexta-feira, 9 de julho de 2010

BONSAI


Oliveira Bonsai - Olea europaea
Exemplar com 35 anos dos quais já 28 anos como Bonsai em minha casa.

Quem gosta de aves com certeza também gosta de Bonsai, ou não seriam os amantes de aves bons amantes da natureza.

sábado, 3 de julho de 2010

Primeira aventura com Pintassilgos...

O meu primeiro ano a tentar criar Pintassilgos não correu bem, já alguns anos que lia sobre criar Pintas mas ainda não tinha experimetado a criar. No inicio deste ano aderi à moda e comprei um casalito de Pintas de 2009 só para ver o que dava e iniciei-me, começaram cedo a postura mas por várias razões, (duas delas são a falta de experiência tanto minha como das aves) as primeiras posturas nunca chegaram a bom fim. Na terceira postura deixei de ser teimoso em criar com os próprios pais e retirei os ovos para uma ama.
No proxímo ano voltarei a tentar com este mesmo casal, não vou aumentar o plantel, pois não faço intenção de me dedicar a esta ave, esta pequena experiência servio para me aperceber que entre os Chamarizes, Verdilhões e os Pintassilgos existem algumas pequenas diferenças, diferenças essas que se não forem bem resolvidas não se consegue resultados. Por este ano vou finalizar a aventura com esta ninhada, vai ser criada mesmo à antiga Portuguesa (com ama).
Nesta ninhada para alem de 4 Pinta existe também 1 Pintarrocho, estou a tentar salva-lo para fazer favor a um amigo, vamos ver se para salvar o Pintarrocho não vou matar os Pintassilgos. Esta ama é expecialista nestes casos, vamos ver.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Psicopata o software de gestão para aves, versátil e útil.


Depois de muita procura por um software de gestão, que fosse realmente útil e que corresse no meu sistema operativo (Ubuntu Linux), eis que encontro uma verdadeira pérola, o Psicopata.
O Psicopata corre em multiplataforma, ou seja, corre nos três principais sistema operativos (Windows, Mac e Linux) basta escolher na página do criador a melhor opção.
Podemos gerir as nossas aves de uma forma muito fácil e intuitiva, e o melhor de tudo é que é grátis, aconselho vivamente, não perde nada em experimentar.
Basta ir aqui: www.psicopata.net

Depois de alguns problemas com a segunda postura, vamos ver se é desta que os Verdilhões vão até ao fim.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Perilha uma semente muito boa para as aves, mas com moderação.


SEMENTE DE PERILHA

É uma semente actualmente muito utilizada na alimentação de pássaros.

As Sementes são arredondadas, grandes como as sementes de nabo e colza (2 a 3 mm), são de cor variável indo do cinza ao negro passando pelo marrom avermelhado.

Sementes ricas em proteínas e, particularmente, de um óleo aromático usado pelas populações asiáticas (China, Himalaia, Japão, Rússia etc.) como óleo comestível. Estas sementes são agradáveis aos pássaros e, além do valor nutritivo, tem demonstrado conferir uma óptima saúde e bom funcionamento do aparelho digestivo (intestino, em particular).

Provas experimentais em várias espécies de pintassilgo e de outros fringilídeos, com abdómen inchado, avermelhado e com diarreia, em torno de 6 a 10 dias de administração contínua, a saúde foi completamente restabelecida. Sendo sementes ricas em óleo, devem ser administradas normalmente não mais que três vezes por semana (meia colher de café p/cada pássaro). Por 6 a 10 dias consecutivos para pássaros recém capturados, para aqueles debilitados, com abdomen inflamado, diarreia, debilitados por tratamentos com antibióticos e quimioterapias. O óleo confere brilho e elasticidade às penas e provavelmente contém substâncias (a serem individualizadas através de análises laboratoriais) que permitem revigorar, recuperar a saúde e tem também capacidade nutritiva notável.

A perilha (que apresenta também a vitamina F) é uma planta oleífera cultivada nos países asiáticos seja com a finalidade alimentar, seja com fins decorativos: de facto, algumas variedades de perilha (Perilla frutencens ocymoides, P.f. mankinensis etc) apresentam bonitas folhas coloridas e manchadas de marron-violeta, predominantemente escuro, que dá destaque a outras cores de outras espécies de plantas ornamentais nos jardins.

As sementes de "Perilla frutensis" são, assim, recomendadas para a alimentação de todos os pássaros granivoros, durante todo o ano, particularmente durante o período de criação dos filhotes no desmame e no período de muda.

Composição química das sementes de perilha (segundo Prof. Church): Água: 5,3% - Proteína 22,6% - Estratos Nitrogenados 10,6% - Lípidos 43,2% - Fibras 14% - Cinzas (inclusive cascas) 4,3% - Estrato não azotado 10,6%.

As sementes de perilha podem ser misturadas (5 a 10%) na normal mistura de sementes.
a) Período de repouso (do término da muda ao início da preparação para o acasalamento); meia colher de café por pássaro, três vezes por semana (duas vezes para os pássaros que tendem engordar);
b) Período da muda: nas doses para os pássaros indicados no item "A" , em dias alternados (um sim, outro não). No período "Central" da muda, quando o organismo das aves se acha no máximo esforço de renovação de plumagem, pode-se praticar uma administração diária, por 8 a 10 dias consecutivos, com a advertência de colocar as aves mais predispostas em voadeiras amplas pouco aglomerados.

A alta percentagem proteica do óleo perfeitamente digerível permitem uma veloz muda, com penas fortes e reluzentes, Além disso, conferem uma boa funcionalidade do aparelho digestivo, prevenindo muitas disfunções intestinais, que frequentemente se acentuam durante o delicado período da muda.

Esta semente tem sobretudo o interesse de se procurar para os pássaros, um alimento novo, bastante tenro e provavelmente dum gosto agradável.

Fonte: www.criadourokakapo.com

sábado, 29 de maio de 2010

Este ano as minhas ninhadas tem tido uma baixa taxa de susseso


Este ano tenho tido problemas com as posturas, para alem de ovos brancos fora do normal, também algumas mortes poucos dias antes de eclodirem. Nesta ninhada inicialmente cinco ovos, um goro detectado no inicio, um ovo morto, um morto com dois dias de vida, restam duas crias numa postura inicial de cinco. É uma media de susseso muito baixa.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Crias de Chamariz


Para alem dos Verdilhões outra ave que me acompanha já alguns anos é o Chamariz, o Chamariz é a minha ave favorita em relação ás aves Europeias, não sei explicar o porquê, mas tal como o Lugre o Chamariz é uma ave muito simpática.
Nesta foto podemos ver três crias com um dia de vida, ainda falta nascer uma de um ovo que está por baixo das crias.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Verdelhões com 40 dias


Os verdelhões por serem aves mais sensíveis ao stress, principalmente durante a muda, depois de completarem os 35 dias devem de ser tratadas preventivamente contra a coccidiose, prevenindo assim a maior causa de morte destas aves em cativeiro.

domingo, 23 de maio de 2010

Criação industrial

Acham que tem muitos casais a criar. Reparem só no tamanho deste criadouro.

sábado, 22 de maio de 2010

Aves 2010





Tenho para troca vários verdilhões clássicos deste ano, nascidos e criados em cativeiro e devidamente anilhados.